MEU AMOR, VOCÊ ME TRAZ SORTE

Foto: Regi Garcia

Hoje eu me peguei pensando nas minhas amizades, nesse ano que passou tanta gente apareceu ficou e depois desapareceu, teve gente que deu somente aquele oizinho básico, teve gente que marcou e foi embora sem ao menos dar tchau, mas teve e ainda tem aquelas que o coração da gente até bate mais forte.

Acho engraçado que passam tantas pessoas por nossas vidas, cada uma com seu significado, sua intenção e principalmente sua missão. Tem dias que me pergunto por que raios tive que conhecer aquele fulano, se ele só serviu pra me dar dor de cabeça enquanto tinha tanta gente por aí que só queria um “oi tudo bem?” e eu não pude dar essa oportunidade.

Tanta gente que chegou, chupinhou e abusou da boa vontade e carinho que tenho por qualquer ser vivo, somente pra tirar proveito da situação. Mas é meus caros, nessas horas que vemos em quem realmente devemos confiar. Só que no meio desse Big Brother da vida, onde vários vão pro paredão e são eliminados, os poucos guerreiros permanecem na casa e no fim realmente só resta você no primeiro lugar, o segundo e terceiro colocado.

Bem que dizem pra gente ao longo da caminhada que amigos são poucos, você consegue contar nos dedos da mão e ás vezes não damos importância. Por que no fundo, quem é ingênuo ás vezes como eu, acredita na bondade das pessoas e aí que mora o perigo: a bondade pode não existir.
Só que costumo acreditar que esse tipo de gente que passa por nossa vida é necessário, claro, todo mal ás vezes é necessário, é a partir da chuva que temos o arco-íris não é verdade?

Mas, porém, contudo, entretanto, todavia, também tem aquelas pessoas que chegam depois da chuva, de mansinho, fechando o guarda chuva e pronto pra brilhar na tua vida! E se não brilhar? A gente joga um glitter! Dá um jeito!
Me encanto por demais com essas pessoas quem chegam como quem não quer nada, e deixa a vida tão mais bonita e colorida, que usa mais lápis de cor que as caixas de 48 cores da Faber Castell. Pessoas que preenchem teu coração, teu dia a dia com bons momentos, e quando digo bons momentos não menciono festas, por que amigo de festa a gente tem vários, mas aquele que vai segurar o teu cabelo enquanto tu vomita, esses sim são raros.

Esse ano eu tive muito desses dois tipos de pessoas na vida, e eu sei que sempre vou ter, eu só espero que essa galera que chegou e veio pintando minha vida venha pra ficar, e se você que tá lendo isso for uma dessas pessoas as quais eu já disse que amo e que sou extremamente grata por ter em minha vida, saiba que esse texto é pra você.

Facebook Instagram Twitter Youtube

Você também vai gostar de:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *