preconceito, pré conceito

1. qualquer opinião ou sentimento concebido sem exame crítico.
2. sentimento hostil, assumido em consequência da generalização apressada de uma experiência pessoal ou imposta pelo meio; intolerância.”
 
O preconceito, ou pré conceito, é característico de algo que não conhecemos ou que não estamos acostumados a ver. É fato que existem alguns padrões na sociedade, e que a quebra desses tabus em alguns momentos é chocante para muitas pessoas, imagine só, você é acostumado e acreditar que o céu é azul e de repente alguém te diz: estudos comprovam que o céu é rosa. Imagina a quebra de crenças e outras polêmicas que isso iria gerar? Não meus caros, pra evitar uma badernada, vamos manter isso em off.
Há uns 8 ou 9 anos, minha mãe tinha uma amiga que era costureira e trabalhava com isso em um tempo da sua vida, ela já tinha ‘o corpo ideal’, mas tudo era meio monótono sabe? “Senta aqui que vou te falar de um milagre”, “Então pessoal, vocês fazem isso e isso, e vão obter isso” Que coisa chata! Alguém me tira daqui! Comida em pó? Líquida? Como isso sustenta gente? Tenho horror a isso! (e nem tinha provado)
 
Como pode! Vocês são loucos! Fizeram uma lavagem cerebral com a mulher! Ficou doida por dar comida em pó pros filhos! Veja só, deixa faltar isso, mas o shake na mesa não falta! E assim eu fui durante muitos anos.
Um dia, uma amiga depois de nosso curso de menor aprendiz me disse “vamos num espaço de vida saudável? o shake deles lá é tão bom!” imaginei que deveria ser algo igual ao Bobs, como toda gordinha, fui. E não era a miséria da Herbalife atacando na minha vida novamente? Mas fui, tomei os chás, o shake e que por sinal, depois de anos falando mal: caralh* que coisa gostosa!
Aproximadamente um mês depois, uma outra conhecida chamou minha amiga na época e disse: vamos no fit camp, vocês vão gostar. E como toda Ariana curiosa, eu fui, e adivinhem o que eu li na parede? Herbalife Nutrition, ah tá de sacanagem com isso né? Mas vamos sentar e ouvir.
Quando cheguei pra treinar, ouvia uma galera gritando a doidamente, música alta, pop, rock, FUNK! E lá fui eu fazer o treino, e quando meu corpo gritava para, já chega alguém veio do meu lado e disse: não desiste, tu consegue! Ao som de tropa de elite do Tihuana, aquilo fez eu me arrepiar.
E eu voltei lá, uma, duas, três vezes, e olha só quem mais falava mal da Herbalife perdeu 6 kilos! Meses depois voltei a estudar, não me alimentar bem e ai as consequências vieram: gastrite, rinite, estress, cansaço e tudo o que vocês podem imaginar de ruim com o corpo de alguém de 17/18 anos.
No final de 2016, olhando pra essa minha pancinha eu disse: 2017 vai, e pulei a primeira onda de 2017.
É engraçado lembrar, que a mente de alguém que antes era tão fechada pra esse mundo, se abriu como uma flor desabrocha na primavera, vamos ver o que você tem a me dizer pensei comigo mesma, e deixei com que as pessoas falassem seus resultados, deixei com que as pessoas me encantassem,e elas conseguiram. Sabe aquela frase do pequeno príncipe não julgue todas as rosas por que uma te espetou ? Exatamente assim.
Não julgue algo ou alguém que você conheceu a anos atrás, nunca mais teve contato com a pessoa e ainda acha que ela é a mesma. Me faz um grande favor? Expande tua mente, para de ler coisas do Google e vá você fazer o famigerado test drive, se dê a oportunidade de conhecer e fazer uma experiência pra ai sim podermos conversar! Não me venhas com ‘o fulano disse’ ‘eu li na internet’ sem sequer ter se dado a oportunidade de conhecer e falar mal pela SUA experiência.
O preconceito não está somente atrelado a raça, gênero ou religião, e sim qualquer conceito prévio que você tenha de algo ou alguém, sem conhecer isto a fundo, sem buscar informações concretas, argumentos válidos que você pode utilizar em uma discussão.
 
 

Facebook Instagram Twitter Youtube

Você também vai gostar de:

Nenhum comentário

  1. Eu mudei bastante esse ato meu de julgar antes de provar/conhecer durante a gravidez. Sempre fui bastante enjoada com comida Aquele lance de vi, não curti, não experimento. Mas ai, pra manter a mim e meu bebê saudáveis, fui mudando isso e passei a experimentar. Tem coisas que descobri que não gosto mesmo, mas conheci outras tantas bem gostosas. Acho que tudo na nossa vida temos de dar uma chance.Vidas em Preto e Branco

  2. Não tenho nada contra a herbalife, só não gosto de alguns fanáticos, fora o povo que acha que você tem que fazer qualquer porque eles querem vender. Eu uso o shake da herbalife e tem sido muito bom pricipalmente para regular o meu intestino, mas sem fanatismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *